quarta-feira, 6 de abril de 2011

Caminhos se reencontrando

Passado 3 meses desde a primeira noite que passamos juntos, eu e o Ale estávamos bem tranqüilos. Ele ia para a republica umas três vezes na semana, e o restante passava comigo no meu AP.
A Mari também estava namorando um colega dela, o Yago, que tinha um irmão gêmeo, o Eduardo.

Andávamos sempre em 7 – eu e o Ale, a Mari e o Yago, o Eduardo e a Laís, namorada dela, e a Flávia – fazíamos vários programas divertidos e diferentes. Formamos uma turminha bem legal.
A Flá nem se importava em ser a única solteira, e se divertia mais que todos nos.
Um dia, na saída da aula de sexta-feira, os meninos resolveram fazer uma partida de futebol no campus: Biologia com ajuda de amigos do Ale da republica x Odontologia com ajuda de amigos do Eduardo.
Eu e as meninas não íamos assistir, e resolvemos ir na cafeteria da Zoé, um lugar que eu sempre passava pra pegar café.
A cafeteria é bem antiga, sempre agitada, é ponto de referência pois fica bem no meio do campus, é o local onde alguns alunos trabalham, tem shows ao vivo e um grande quadro de avisos sobre festas e eventos.
A Mari e a Laís foram buscar os cafés, e eu e a Flá fomos pegar uma mesa. Encontramos uma bem perto do quadro de avisos.
Quando as meninas chegaram com o café, a Laís falou sobre essa festa com o cartaz maior, era o aniversário de um dos integrantes do Quarteto Balada, uns colegas dela organizavam festas malucas e muito boas. Ficamos conversando e decidimos ir na tal festa.
Saímos do café e fomos encontrar os meninos, eles adoraram a idéia da festa. Tudo combinado, fomos nos arrumar.
No horário combinado, encontramos com a Laís e o Eduardo na cafeteria da Zoé, mas nem entramos pois estava tendo um show e estava bem lotada.
Na frente da casa onde era a festa, estavam umas pessoas, conversando e cumprimentando a todos que chegavam. A Laís disse que eram o Quarteto Balada, e mostrou os meninos. Nisso a Flá soltou um “eu não acredito nisso” e saiu na frente para cumprimentar um rapaz em questão que parecia, com a distancia que estávamos, que se conheciam de longa data.
Chegamos mais perto, e ai que eu vi quem que a Flá tinha cumprimentado, entendi o “eu não acredito nisso”, e meu mundo girou mais devagar... Até o ar parecia mais pesado.
Este rapaz, cumprimentou a Laís, o Eduardo e o Yago, que já se conheciam, e o Yago foi apresentando o restante do grupo, falou da Mari, do Ale e quando ele foi falar o meu nome, quem disse foi o rapaz e já veio me abraçando...

Ai, ai... Vai dar problema!

3 comentários:

Isis disse...

ADOREI SEU BLOG, SEGUINDO JÁ.

BJS

AH, VISITE ME DEPOIS.


http://fofurisis.blogspot.com/

Hara Haira disse...

oi ja estou te sequindo agora veja os meus trabalhos pelo blog e outros lugares da rede
http://harahaira.blogspot.com
nossa comu http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=11316242
nosso msn :group1106467@groupsim.com
e coloquei uma tag para falar sobre o que vc achou do meu blog no twitter #harahaira_blog
vc tbm pode me curto pelo facebook http://www.facebook.com/pages/harahairablogspotcom/155511091126173
bjs da garota do cabelo colorido

NshoW disse...

Gostei do blog

Siga o meu tbm

http://temtudomega.blogspot.com
dicas, tutoriais e downloads

Ganhe dinheiro com a wibi, pesquise e ganhe, ganhe dinheiro com seu blog, acesse e cadastre-se: http://www.wibi.com.br/cadastro/?amigo=88250

Postar um comentário