domingo, 9 de maio de 2010

Conversa!


Deixei o Ale entrar, ele sentou no sofá da sala e ficou aguardando que eu fizesse o mesmo. Eu sentei na cadeira da frente.
Ele perguntou o que estava acontecendo, porque eu tinha mudado tanto com ele.
Eu respondi que era assim o nosso relacionamento, não tínhamos que cobrar nada um do outro, que depois que ele simplesmente ignorou meu convite para passar a noite comigo, sendo que já tinha aceitado, eu tinha decidido parar de criar expectativas em relação ao que tínhamos, e que eu tinha que me preocupar mais com meus estudos.
Ele pediu pra se explicar...
Eu preferi não saber o motivo...
Ele perguntou se ainda estávamos juntos...
Eu disse que nunca estivemos!
Ele abaixou a cabeça e saiu. Foi embora do meu apartamento. Cheguei até a ficar com pena da carinha que ele estava quando saiu.
No outro dia, ele não apareceu na aula, eu não quis perguntar nada para o pessoal que fica com ele nas aulas, mas a Flá perguntou por mim. Ninguém soube responder. Fiquei bem preocupada com esse sumiço, mas fui pra casa.
Depois de quatro dias é que fui ter noticias dele, eu já estava querendo chamar a policia, o exercito, as forças armadas, mas o Natan, que mora com ele na república, disse que ele tinha ligado avisando que retornava na segunda-feira.
Fiquei mais tranqüila com essa informação, mas acho que só ficaria 100% calma, quando pudesse olhar para ele.

3 comentários:

Luana Farias disse...

Adorei tadinho dele.

bjs

Monih disse...

Tem selinho pra vc lá no meu blog!

Thânia Katiuce Cruz disse...

Tem um selinho pra vc no meu blog. pega lá depois (:
Beijos.

Postar um comentário